PROTESTO

Protesto em defesa da Lava Jato reúne manifestantes em 200 cidades

No Recife, manifestantes convocados pelo Vem Pra Rua protestaram em defesa da Operação Lava Jato na Avenida Boa Viagem

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 04/12/2016 às 16:16
Leitura:
Foto: Agência Brasil


Com a segurança reforçada, milhares de pessoas vestidas de verde e amarelo e empunhando bandeiras do Brasil se reuniram deste domingo (4) em cerca de 200 cidades, de acordo com os organizadores, entre elas Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo. O protesto é em defesa da Operação Lava Jato e contra o pacote de medidas anticorrupção aprovado com modificações pela Câmara dos Deputados na madrugada do dia 30 de novembro.

Segundo a Polícia Militar do Distrito Federal, na Esplanada dos Ministérios até as 11h15 entre 4 e 5 mil pessoas participavam pacificamente do protesto, encerrado às 13h. Para os organizadores, são mais 15 mil manifestantes. Entre os movimentos que convocaram os protestos, estão o Vem Pra Rua e o Avança Brasil.

As manifestações estão permitidas apenas no gramado da Esplanada dos Ministérios, a partir da Catedral de Brasília até a Avenida das Bandeiras, mas alguns manifestantes conseguiram chegar próximo ao espelho d'água do Congresso Nacional, onde espalharam desenhos de ratos, simbolizando, segundo eles, os políticos.

RECIFE


A avenida boa viagem, na zona sul do recife, foi tomada por manifestantes em defesa da operação lava jato. Com um trio elétrico guiando os manifestantes, eles seguiam toda a avenida com apitos, placas, cartazes e gritos de ordem em favor do juiz Sérgio Moro, que conduz a operação que investiga desvio de dinheiro público em contratos ligados à Petrobras e pediam o fim da corrupção.

Ouça na reportagem de Suelen Fernandes:

Um dos organizadores do movimento “Vem Pra Rua Recife”, Marconi Ferraz, denomina o ato de “primavera latina”. Entre as pautas, os manifestantes protestaram contra as mudanças na PL 4.850, que estabelece as dez medidas contra corrupção, o fim de privilégio políticos, celeridade nas investigações contra políticos, que tramita no Supremo Tribunal Federal e contra o Projeto de Lei 280 do Senado, que estabelece medidas contra juízes e promotores públicos, em caso de abuso de autoridade.

Mais Lidas