POLÍCIA FEDERAL

Operação da Polícia Federal investiga empresas de seguro ilegais

De acordo com a Polícia Federal, são 51 mandados de busca e apreensão e 25 de condução coercitiva em 11 cidades de Pernambuco.

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 06/12/2016 às 10:21
Leitura:
Imagem ilustrativa. Foto: Arquivo/Agência Brasil


Na manhã desta terça-feira (6), a polícia federal deflagrou a “Operação Insurance”, que pretende encerrar atividades de 39 empresas de seguro de automóveis e motocicletas que estavam operando sem autorização legal. Na ação, estão sendo mobilizados mais de 100 policiais federais para cumprir 51 mandados de busca e apreensão e 25 de condução coercitiva nos municípios de Gravatá, Bezerros, Bonito, Caruaru, Agrestina, Cupira, Panelas, São Caetano, Belo Jardim, Toritama e Santa Cruz do Capibaribe, todas no Agreste do Estado.

Paralelamente, ordens judiciais de sequestro e bloqueio de bens dos responsáveis pelos crimes também estão sendo cumpridos. O balanço parcial da operação vai ser divulgado ainda nesta terça-feira (6) pela Polícia Federal, em caruaru.

Investigações

As investigações foram iniciadas em junho de 2013 e revelaram a existência de empresas especializadas na prestação de serviços de seguro veicular para carros de passeio, motocicletas e até veículos de grande porte, operando de forma ilícita e sem autorização.

Os integrantes dessas empresas serão responsabilizados criminalmente na medida de sua participação pela prática dos crimes artigo 16 da lei 7.492/86, que responsabiliza aqueles que operaram, sem a devida autorização, falsa instituição financeira. As penas variam de 1 a 4 anos, além de multa. Todo o material apreendido passará por uma perícia técnica a fim de subsidiar as investigações que estão em andamento.

Mais Lidas