TENSÃO

Após caminhada, PMs se deparam com bloqueios do Batalhão de Choque

PMs e Bombeiros Militares realizam ato nesta sexta-feira. O presidente da Associação de Cabos e Soldados, Alberisson Carlos, foi preso

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 09/12/2016 às 18:19
Leitura:
Foto: Ravi Soares/ Rádio Jornal


Os policiais militares (PMs) e bombeiros militares foram surpreendidos por um bloqueio nas pontes Duarte Coelho e Princesa Isabel, que dão acesso ao Palácio do Campo das Princesas, no final da tarde desta sexta-feira (9).

Após uma caminhada pela Avenida Conde da Boa Vista e que saiu da Praça do Derby, os militares se depararam com um bloqueio de policiais do Batalhão de Choque ao chegarem à Rua da Aurora.

Após o protesto ficar parado no cruzamento entre a Conde da Boa Vista com a Rua da Aurora, a Companhia Independente de Operações Especiais (CIOE) liberou a Ponte Duarte Coelho. A categoria está no Palácio do Campo das Princesas e vai dar outras deliberações.

Confira os detalhes no flash de Ravi Soares:

Policiamento foi reforçado ao redor do Palácio do Campo das Princesas

Mais cedo, Alberisson Carlos e Nadélson Leite, respectivamente presidente e vice da Associação de Cabos e Soldados (ACS), foram presos por descumprirem a ordem judicial que determinava que a categoria não realizasse assembleia para deflagrar uma possível greve.

Confira a nota completa do Comando Militar

O Comando da Policia Militar informa que os cabos Alberisson Carlos e Nadélson Leite, respectivamente presidente e vice da Associação de Cabos e Soldados, foram presos na tarde de hoje (09/12) por descumprimento de ordem judicial.

Neste momento, estão sendo adotados os procedimentos legais e se a Justiça determinar, serão encaminhados para o Creed.

Mais Lidas