POLÍTICA

"Não há crise em meu governo", diz Michel Temer em visita ao Nordeste

De acordo com o presidente Michel Temer, o Eixos Leste e Norte da Transposição do Rio São Francisco ficam prontos no primeiro semestre de 2017. "Obras serão concluídas, mesmo que seja preciso tirar dinheiro de outros setores", disse

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 09/12/2016 às 9:28
Leitura:
Foto: reprodução/twitter @MichelTemer


O presidente da República Michel Temer (PMDB) está em Pernambuco nesta sexta-feira (9), onde iniciou sua primeira visita ao Nordeste. Em entrevista à Rádio Jornal, Temer comentou a saída de ministros do seu governo, as expeculações de que Antonio Imbassahy (PSDB-BA) seria convidado para a Secretaria de Governo e afirmou que sua gestão não passa por turbulências.

"A saída de ministros não altera em nada o governo", disse. "Não há crise em meu governo. Enquanto se fala em crise, nós trabalhamos", completou.

Transposição

Temer afirmou que a Transposição do Rio São Francisco é uma questão essencial para o seu governo. "O Nordeste é prioridade para nosso governo. Tenho tido inúmeras reuniões para alcançar objetivos do governo que é completar a transposição", disse.

Sobre prazos, Temer disse que o Eixo Leste da Transposição vai ficar pronto até março e o trecho Norte será entregue ainda no primeiro semestre de 2017. Para o presidente, é fundamental resolver a crise hídrica no Nordeste e parte dessa solução passa pela execução da obra. "Obras serão concluídas, mesmo que seja preciso tirar dinheiro de outros setores", afirmou.

Ainda nesta sexta-feira, Temer visita a cidade de Floresta, no Sertão do Estado. O presidente inaurura a terceira estação de bombeamento do Eixo Oeste. as duas primeiras foram inauguradas pela então presidente Dilma Rousseff em 2014 e 2015.

» Michel Temer visita transposição e inaugura 3ª estação de bombeamento
» Dilma visita transposição do Rio São Francisco em clima de despedida

Seca no Agreste

Em Surubim, no Agreste Pernambucano, para a visita à Barragem de Jucazinho, Temer afirmou que está tomando providências para a recuperação do reservatório. "Assinei duas ordens de serviço para a recuperação da barragem e uma outra ordem, na ordem de R$ 33,7 milhões, para a construção de adultoras, que vai interligar os Sistema Siriji aos Sistemas Integrados Palmeirinha e Jucazinho. Estamos repassando R$ 12 milhões para obras emergenciais", disse.

» Presidente Michel Temer visita barragem de Jucazinho

Sobre o não pagamento dos pipeiros no Estado, que estão sem receber há 15 meses, Temer disse que está tratando a seca no Nordeste como prioridade. "O Helder Barbalho, da Integração Nacional, está liberando justamente importância para pagamento desses carros-pipa. Essa questão que aparentemente é menor, mas é de grande importância para a manutenção do transporte de água em todo o Nordeste", completou.

Jucazinho é o maior reservatório do Estado. Tem capacidade para 327 mil metros cúbicos de volume de água. Atualmente, a barragem só contém 70 metros cúbicos. Devido a seca na região, Jucazinho deixou de abastecer mais de 10 cidades de Pernambuco

Mais Lidas