CONSULTÓRIO

Especialistas discutem sobre a seletividade alimentar infantil

A comunicadora Graça Araújo recebeu a psicóloga Priscila Bastos e a nutricionista Luciana Nunes para falarem sobre a seletividade alimentar infantil

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 14/12/2016 às 8:19
Leitura:
Foto: Rádio Jornal

Sabe quando a criança escolhe poucos tipos de alimentar para consumir? Essa seletividade alimentar infantil tem solução. Para falar sobre o assunto, Graça Araújo recebeu a psicóloga Priscila Bastos e a nutricionista Luciana Nunes no Consultório desta terça-feira (13).

Confira o Consultório na íntegra:


A psicóloga Priscila Bastos explica que a selecão alimentar envolve vários aspectos desde trauma ou até uma restrição sensorial (não gosta da textura, formato, cheiro), e que é comum entre 1 e 2 anos de idade e podendo perdurar por mais anos.

O QUE É?

O Transtorno Alimentar Seletivo é um distúrbio que se caracteriza pela rejeição a muitos alimentos, ficando a dieta restrita a cerca de 10 tipos de comida, geralmente carboidratos, alimentos ricos em açúcar e os processados. A criança seletiva manifesta a tríade: recusa alimentar, pouco apetite (relatado) e desinteresse pelo alimento, características constatadas em um estudo sueco com 240 escolares. Ao restringir demais a dieta, o paciente pode sofrer deficiência de diversos nutrientes, desencadeando outros problemas de saúde.

Mais Lidas