ELEIÇÕES

Prefeitos eleitos de Ipojuca e Belo Jardim não assumirão em 2017

Romero Sales (PTB) e João Mendonça (PBS) serão substituídos pelos presidentes das câmaras de vereadores de cada cidade

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 17/12/2016 às 17:00
Leitura:
Prefeito eleito de Belo Jardim, João Mendonça, teve sua candidatura impugnada pelo TSE.
Foto: Reprodução

Os municípios de Ipojuca, na Região Metropolitana do Recife e Belo Jardim, no Agreste do Estado, vão começar o ano de 2017 sem os prefeitos eleitos no último pleito. A determinação foi feita na última terça-feira (13) pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TER-PE) após o candidato, eleito em Ipojuca, Romero Sales (PTB), ter o Registro de candidatura cassado.

Romero Sales, prefeito eleito de Ipojuca.
Foto: Reprodução

No caso de Belo Jardim, João Mendonça (PBS) aguarda uma definição do Tribunal Superior Eleitoral. O TRE-PE já havia indeferido o candidato e ele está impossibilitado de ser diplomado até o prazo máximo, que é na próxima segunda-feira (19), e por isso não poderá assumir o cargo no dia 1º de janeiro do ano que vem.

Confira as informações no Flash de Ravi Soares:

Nos dois casos quem vai ocupar a cadeira de chefe do poder executivo é o presidente da câmara de vereadores de cada cidade. Outros 12 municípios de Pernambuco aguardam o julgamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre o registro de candidatura dos prefeitos eleitos em 2016.

Mais Lidas