LEÕES DO NORTE

Forças Armadas divulgam balanço de atuação nas ruas do Grande Recife

Em 10 dias, Operação Leão do Norte realizou mais de 2.800 ações de patrulhamento ostensivo na Região Metropolitana do Recife

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 20/12/2016 às 12:08
Leitura:
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem


O Ministério da Defesa, Exército Brasileiro, Comando Militar do Nordeste e Forças Armadas contabilizam mais de 2.800 ações em dez dias da Operação Leão do Norte, que foi prorrogada até o dia 3 de janeiro. Entre os destaques, estão o patrulhamento ostensivo de áreas terrestres, revista de pessoal e veículos, reconhecimentos aéreos, controle de distúrbios e prisões em flagrante delito.

Nessa segunda-feira (19), o diário oficial da união publicou decreto que altera o período de atuação, prorrogando a permanência das Forças Armadas na Região Metropolitana do Recife. A Força-tarefa Guararapes, composta por militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, além de policiais civis e militares, sob o controle operacional das Forças Armadas, é comandada pelo general de brigada Francisco Humberto Montenegro Júnior.

ENTREVISTA

Nesta terça-feira, o ministro da Defesa Raul Jungmann afirmou que, no final da operação em 3 de janeiro, os cofres públicos terão gastos R$ 14 milhões para manter as tropas nas ruas do Grande Recife. Esse valor é pago pelo Governo Federal.

» Forças Armadas em Pernambuco até 3 de janeiro vão custar R$ 14 milhões
» "A Polícia não quer ver a realidade como ela é", diz Paulo Câmara

Mais Lidas