AJUDA

“O povo está com fome e sede”, relata vítima de incêndio na Torre

Incêndio na Torre, na comunidade de Santa Luzia, aconteceu há mais de uma semana e população ainda sofre sem ajuda da prefeitura

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 20/12/2016 às 17:36
Leitura:
Foto: André Nery/ JC Imagem


Mais de uma semana depois de um incêndio destruir a comunidade Santa Luzia, no bairro da Torre, na Zona Oeste do Recife, moradores reclamam das dificuldades que vêm passando.

Algumas pessoas estão na casa de parentes, mas outras dizem não ter para onde ir e afirmam estar passando fome. O desempregado Lúcio Cesário da Silva fala que perdeu tudo e está dormindo na rua. “Pegou fogo em tudinho. Agora eu tô entrando no barraco da minha sobrinha, mas eu perdi tudo”, lamentou.

Já autônoma Karla Oliveira disse que está com problemas com o cadastro da Prefeitura do Recife. “Afetada pelo primeiro incêndio e o segundo incêndio e não recebi nem a doação da cesta básica e nem do colchão porque meu nome não estava constando”, reclamou a mulher, que disse estar cadastrada na prefeitura, mas que não consta nos registros da Defesa Civil.

Os detalhes na reportagem de Ravi Soares:

Já Maria do Carmo Nascimento faz um apelo. “O povo precisa de alimento, tem criança que precisa de fralda e leite. Que as doações continuem vindo”, implorou a vítima da tragédia. “O povo está com fome e sede”, contou Maria do Carmo.

De acordo com informações divulgadas pela Defesa Civil do Recife, 78 famílias foram cadastradas e vão passar por um levantamento de diversas secretarias para terem acesso aos benefícios, como auxílio-moradia.

O incêndio

Na manhã da segunda-feira (12), a comunidade Santa Luzia, no bairro da Torre, na Zona Norte do Recife, foi atingida por um incêndio. Este é o segundo episódio em menos de um ano. Os moradores perderam praticamente tudo e toda ajuda é bem-vinda, no momento.

Mais Lidas