APELO

"Estamos dormindo junto com os cavalos", diz moradora da Santa Luzia

Moradores da comunidade Santa Luzia, atingida por incêndio, reclamam da falta de assistência da PCR

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 25/12/2016 às 14:24
Leitura:
Foto: Rafael Carneiro/ Rádio Jornal


Na Comunidade de Santa Luzia, na Torre, atingida por um incêndio de grandes, este mês, a espera por uma definição se estende. Há 13 dias, desde que centenas de famílias perderam moradias e os móveis, o trabalho se concentra na reconstrução da vida. Neste natal, crianças e adultos passaram por dificuldades. Neste domingo de Natal (25), eles dependem exclusivamente de doações, que têm chegado em número insuficiente para atender atendê-los.

Erlândia Maria da Silva, tem dois filhos, de quatro e nove anos, e reclama do tratamento oferecido pela Prefeitura da Cidade do Recife. “Está piorando a situação, porque eles não resolveram nada. Estamos dormindo junto com os cavalos, pois não tem lugar para ficar”, ressalta.

Confira os detalhes na reportagem de Rafael Carneiro:

Quem recebeu doação de material de construção, reergueu casas e permanece no mesmo local que pegou fogo por duas vezes em 2016. Experiência vivida pela dona de casa Rita de Cássia divide espaço de uma marquise com 11 pessoas, ao lado do CAIC da torre, onde cavalos e lixo tomam conta do espaço. “A única coisa que a prefeitura deu foi só uma cesta básica, um colchão e um lanchinho para as crianças”, revela.

Moradores tentam reconstruir aos poucos o que perderam no incêndio.Foto: Rafael Carneiro/ Rádio Jornal

Doação

Os moradores da Comunidade Santa Luzia pedem doações de alimentos, roupas e material de construção. Quem puder ajudar deve entrar em contato pelo telefone: (81)9 8834.6476.

Mais Lidas