TRÁFICO

Polícia investiga como traficantes, em Paulista, conseguiam drogas

Uma das quadrilhas usava menores de idade para praticar os assassinatos e comandar as bocas de fumo

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 26/12/2016 às 14:32
Leitura:
Foto: Rádio Jornal


Já estão no Centro de Triagem (Cotel), em Abreu e Lima, e no presídio de Igarassu, no Grande Recife, os líderes de duas quadrilhas que praticavam tráfico de drogas e homicídios no município do Paulista. 12 pessoas foram presas e dois menores de idade apreendidos durante a Operação Moenda da Polícia Civil deflagrada na semana passada.

A investigação começou em maio deste ano, e apontou que os grupos agiam nos bairros de engenho Maranguape e Paratibe com extrema violência. Uma das quadrilhas usava menores de idade para praticar os assassinatos e comandar as bocas de fumo.

Confira os detalhes na reportagem de Clarissa Siqueira:

Estão presos Michelon Duarte da Silva, Ericsson Matos Passos e Dário Augusto Azevedo, apontados como os líderes do grupo do Engenho Maranguape. Jorgeberto Batista Pereira e a esposa dele, Lidiane Francisca da Silva, comandavam a quadrilha em Paratibe. Um homem ainda está foragido e a polícia continua as investigações para descobrir como os grupos conseguiam as drogas.

Mais Lidas