CRIMINALIDADE

Mais de 40 agências do Banco do Brasil no interior estão interditadas

Agências do Banco do Brasil no interior de Pernambuco ficaram destruídas após terem sido alvos de assaltos e explosões

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 27/12/2016 às 17:18
Leitura:
Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem

A presidente do Sindicato dos Bancários de Pernambuco, Suzineide Rodrigues, conversou com Ravi Soares no Balanço das Notícias desta terça-feira (27). Ela falou sobre o assustador número de investidas criminosas no interior Estado.

Na tarde desta terça, uma agência do banco Bradesco, em Igarassu, foi alvo de assaltantes. “Nessa época do ano sempre aumenta o número de assaltos. Com essa, já são 267 ocorrências em Pernambuco, que vai entre assalto, arrombamento, explosão de agências, terminal de autoatendimento e carros-fortes”, destacou. “A gente não tem mais sossego”, lamentou a presidente.

De acordo com Suzineide, o número de assaltos a agências durante o horário de expediente diminuiu. “Depois da inclusão de itens de segurança - melhorias das câmeras, ampliação do quadro de vigilantes, biombos, porta eletrônica – isso diminuiu os assaltos”, contou, apontando que no ano passado foram quase 80 assaltos, enquanto que este ano foram 17 até o momento.

“Porém eles estão investindo em outra modalidade agora. Quando tem assalto, agora é quebrando com a marreta a porta de vidro”, disse. “Ampliou o número de explosões das agências e dos terminais de autoatendimento”, completou.

Segundo a presidente do Sindicato, só o Banco do Brasil tem mais 40 agências sem funcionar no interior do Estado porque foram explodidas. “Já são mais de 170 explosões”, destacou Suzineide.

A responsabilidade dos números, na análise da sindicalista, é responsabilidade tanto do banco quanto da segurança pública.

Confira os detalhes na entrevista:

Ela falou ainda sobre os casos no interior e o impacto da falência do programa Pacto Pela Vida nas investidas.

Mais Lidas