CAMPANHA

Mesmo com Lei Maria da Penha, violência doméstica ainda assusta

Neste ano é comemorado os dez anos da Lei Maria da Penha, mas os índices de violência contra a mulher ainda são altos

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 27/12/2016 às 15:54
Leitura:
Foto: Sergio Bernardo/ JC Imagem

Neste ano de 2016, é comemorado os dez anos na Lei Maria da Penha. Uma grande conquista de toda a sociedade e foi criada para combater a violência doméstica, garantir punição dos agressores com maior rigor e criar mecanismo para prevenir a violência contra a mulher.

No entanto, ainda não há muito o que comemorar. Mesmo com o avanço da lei de proteções às mulheres, os índices de violência doméstica ainda são altos. No Brasil, uma mulher é morta a cada hora e a perspectiva é que a violência machista não se detenha tão cedo.

É preciso fazer políticas públicas de qualidade nas escolas e nas mídias, incluindo as sociais. Incentivar a necessidade de superar o medo e a sensação de impotência. Além disso, eliminar costumes e preconceitos que geram a descriminação contra as mulheres, expondo-as ao risco de serem alvo de violência. O telefone para denunciar casos de violência contra a mulher é o 180.

O Sistema Jornal do Commercio de Comunicação entra na campanha de combate a violência contra a mulher. As jornalistas Graça Araújo, Clarissa Siqueira e Ismaela Silva trazem dicas e orientações para quem é vítima e também para quem quer saber como denunciar algum caso.

Ouça:



Mais Lidas