PREJUÍZO

Alunos da UFPE afetados por ocupação serão realocados

De acordo com a diretora do CFCH, Conceição Laffayete, os mais de três mil alunos do prédio vão ser realocados para o do Niati

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 29/12/2016 às 14:17
Leitura:
Foto: Rádio Jornal


Por causa da destruição deixada nos prédios de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH) e Centro de Artes e Comunicação (CAC), durante a ocupação na Universidade Federal de Pernambuco, o começo das aulas nos dois prédios, previsto para próximo dia 9 de janeiro, terá que ser adiado, pois a Polícia Federal, que fazia a perícia na área, só liberou os prédios nessa quarta-feira (28) e a entrada dos funcionários só foi permitida na manhã desta sexta-feira (29).

Com vidros e equipamentos quebrados, pichações em paredes, sala arrombadas e documentos revirados, a limpeza dos prédios vai demorar. De acordo com a diretora do CFCH, Conceição Laffayete, os mais de três mil alunos do CFCH vão ser realocados para o prédio do Niati.
Comovidos pela situação em que ficaram os prédios, os estudantes se prontificaram a ajudar na revitalização do local, mas eles ainda não têm autorização para entrar nos prédios

Confira os detalhes na reportagem de Jéssica Lima:


Reestruturação

A proposta foi levada nessa quarta-feira (28) para a reunião do Conselho Departamental do CFCH, que contou com a presença do reitor, Anísio Brasileiro, e da vice-reitora, Florisbela campos. A reitoria apresentou apoio e solidariedade aos professores do centro e garantiu recursos financeiros e materiais para a recuperação do CFCH e do CAC, de forma que os dois edifícios estejam em condições de uso até o reinício das aulas. Ainda não se sabe o valor do prejuízo causado nos dois prédios

Mais Lidas