VIOLÊNCIA

"Só sabe quem passa", diz testemunha de assalto a ônibus na Muribeca

Três passageiros foram baleados durante assalto o ônibus da linha Jaboatão/Piedade. Sensação é de medo constante entre os passageiros do transporte público no Grande Recife

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 03/01/2017 às 10:19
Leitura:
Foto: Rafael Carneiro/Rádio Jornal


Reportagem de Rafael Carneiro

Na linha Jaboatão/Piedade, da Empresa Mirim, que registrou um assalto com três pessoas feridas na noite dessa segunda-feira (2), a sensação é de medo constante. A ação foi registrada por volta das 21h na Estrada da Muribeca, em Jaboatão dos Guararapes.

De acordo com testemunhas que estavam no coletivo, um suspeito pediu parada e outros dois subiram. O passageiro Jurandir Souza afirma que ficou em pânico. "Eles chegaram assustando todo mundo, pedindo celular, carteira. Só sabe quem passa, é um momento difícil", diz. "Nós estamos sempre com medo", completa.

Na ação dos assaltantes, três pessoas foram baleadas. Edvânia Maria dos Santos Silva, de 29 anos, e o vigilante Eron Glay Faustino Barbosa da Paz, de 41 anos, que passou por cirurgia, estão internados no Hospital da Restauração. Já a auxiliar de escritório Etine magna da Silva, de 38 anos, foi socorrida na UPA de Jaboatão dos Guararapes.

» Em menos de 24 horas, 14 ônibus são assaltados no Grande Recife

"A gente trabalha com medo"

Um motorista da linha, que preferiu não se identificar, afirma que já foi assaltado e já presenciou outros crimes. "Quando cheguei na garagem, vi o carro todo baleado. Eu pensei 'com certeza foi assalto'. Essa área de Muribeca é muito perigosa", diz. "A gente tem um colega que levou um tiro no braço tentando arracar com um ônibus de um assalto", completa.

Mais Lidas