OLINDA

Perseguição policial termina com morte de suspeito em Ouro Preto

Além do suspeito morto, um homem foi preso e mais três conseguiram fugir

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 04/01/2017 às 12:41
Leitura:
Um dos suspeitos foi preso após a perseguição. Imagem ilustrativa: reprodução/internet


No fim da manhã desta quarta-feira (4), policiais do 1º Batalhão da Polícia Militar participaram da de uma perseguição a suspeitos de sequestro na Rua Lídia Gomes, na área rural de Ouro Preto, em Olinda. Neste local, houve uma troca de tiros entre a polícia e os suspeitos de assaltarem um carro e sequestrarem o cozinheiro que dirigia o veículo. Saiba mais na reportagem de Rafael Carneiro:

De acordo com uma testemunha que não quis se identificar, afirma que cinco suspeitos, sendo quatro em um carro e outro em uma moto, abordaram o cozinheiro na II perimetral, em Olinda, e foram seguidos pela Polícia. Para ele, a intensão dos suspeitos era roubar o carro do cozinheiro para utilizar em uma fuga. "Acho que na hora eles iam trocar de carro. Quando o motoqueiro olhou, disse 'sujou, sujou' aí subiu a ladeira. Os outros três começaram a trocar tiros com a Polícia".

Suspeitos

Um dos suspeitos foi baleado e morreu a caminha da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade Tabajara. Ele foi identificado como Rômulo Antônio Marinho de Sá, de 38 anos. De acordo com a PM, ele trabalhava como segurança de carro forte e estava com um revólver calibre 38.

Everton Irineu de Souza, de 27 anos, foi preso. Outros três suspeitos conseguiram fugir. A Polícia levou o cozinheiro para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde será registrada a ocorrência.

Mais Lidas