TRAGÉDIA

Golpe do telefone pode ter provocado morte de médica no Recife

De acordo com relatos, a médica chegou a conveniência de um posto de combustíveis, da Avenida Norte, no bairro da Tamarineira, no Recife, muito nervosa ao telefone

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 10/01/2017 às 14:29
Leitura:

Foto: ilustração/Internet


Familiares da vítima de 70 anos, morta por atropelamento na Avenida Norte, estiveram no Instituo de Medicina Legal para liberar o corpo. Os filhos deixaram o local, em silêncio, muito abalados com a forma em que maria Tereza Vafrick Neves, médica citopatologista perdeu a vida.

De acordo com relatos, a médica chegou a conveniência de um posto de combustíveis, da Avenida Norte, no bairro da Tamarineira, no Recife, muito nervosa ao telefone.

Confira os detalhes na reportagem de Rafael Carneiro:

Uma atendente, acostumada a atendê-la diariamente, percebeu que ela estava preocupada com um suposto golpe, em que criminosos simulam ameaças à parentes até que a vítima efetue recargas telefônicas.

Atropelamento

Na saída da conveniência, Maria Tereza foi tentar atravessar a avenida e foi arrastada por um coletivo da linha Morro da Conceição. A médica atendia em clínicas particulares do Recife e no Hospital Naval da Marinha.

Mais Lidas