CRISE DO SISTEMA

Presidente do TJPE defende ação conjunta como solução para presídios

O presidente do TJPE, Leopoldo Raposo, participou de encontro com a presidente do STF que discutiu situação dos presídios

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 12/01/2017 às 16:29
Leitura:
Foto: JC Imagem

Uma reunião com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), desembargadores e os presidentes dos tribunais de justiça foi realizada nesta quinta-feira (12), no STF, para discutir a situação do sistema penitenciário do Brasil.

O presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), Leopoldo Raposo, entregou um relatório sobre a situação dos presídios de Pernambuco. Mas disse que a situação não vai se resolver apenas com reuniões.

Leopoldo defende que é preciso uma ação conjunta envolvendo o Poder Judiciário, o Poder Executivo e a sociedade brasileira porque os presídios estão superlotados e não basta apenas em falar em construção de novas unidades, ou ainda, como está sendo proposto pela Câmara dos Deputados, desmembrar o Ministério da Justiça criando o Ministério da Segurança Pública.

Segundo o presidente do TJPE, nesse momento o importante é que haja uma integração e que as políticas sejam integradas. Leopoldo Raposo se reúne, nesta sexta-feira (13), com o governador Paulo Câmara para analisar um relatório que Pernambuco deve entregar à Procuradoria Geral da República que está investigando alguns presídios no Brasil, incluindo o sistema carcerário pernambucano.

Confira os detalhes na reportagem de Romoaldo de Souza:

Questão urgente

Nessa conversa com a presidente do STF, a ministra disse que o Poder Judiciário tem em mãos uma questão que precisa ser resolvida urgentemente. Nem mesmo o Poder Judiciário, os governos estaduais e o sistema penitenciário sabe quantos e quais são os presos que estão nas cadeias do Brasil. Saber essas informações é emergencial.

Mais Lidas