PRISÃO

Polícia Civil em PE prende 91 pessoas em primeira operação deste ano

Entre os presos está o motoboy Marcos Domingos da Silva, de 47 anos, identificado pela vítima como o homem que a estuprou em novembro de 2016, em Olinda

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 13/01/2017 às 14:29
Leitura:

Retratato falado do suspeito de estuprar estudante. Foto: Divulgação/ Polícia Civil


91 pessoas foram presas pela Polícia Civil de Pernambuco durante a primeira Operação Esforço Geral deste ano. Foram cumpridos mandados de prisão preventiva e temporária em todo o Estado, contra suspeitos de tráfico de drogas, homicídios, roubos e estupros. Entre os presos está o motoboy Marcos Domingos da Silva, de 47 anos. Ele foi identificado pela vítima como o homem que a estuprou próximo a uma parada de ônibus na cidade de Olinda, no dia 6 de novembro.

Confira os detalhes na reportagem de Clarissa Siqueira:

A estudante saia da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), na Faculdade Funeso, quando foi surpreendida pelo suspeito. De acordo com o delegado Joselito Kherle, com a foto do estuprador divulgada, a polícia espera que outras vítimas denunciem os crimes cometidos por ele. “Ele ameaçou com arma de fogo, não houve a conjunção carnal, mas houve sexo anal e oral. Acreditamos que com a prisão dele outras vítimas se encorajem e denunciem”, alerta.

Polícia espera que vítimas denunciem os crimes cometidos por ele.

Quadrilha de estelionatários

Além de Marcos Domingo da Silva, a polícia prendeu também durante a operação integrada Esforço Geral, Jorge Soares de Castro. Apontado como integrante de uma quadrilha de estelionatários investigados desde novembro de 2015, na Operação Miami, ele estava foragido desde o mês de maio do ano passado.

O delegado, da diretoria integrada especializada, Joselito Kherle detalha a ação do grupo que clonava cartões de crédito em todo o mundo, principalmente nos Estados Unidos. “A organização criminosa com maior desvio de dinheiro. Com isso, eles fizeram um patrimônio muito grande e compraram imóveis em Miami. Então com o Consulado Americano, conseguimos as informações necessárias para efetivar a prisão de todos”, afirma.

Quem for vítima, pode procurar a delegacia do Varadouro, em Olinda, sob responsabilidade da delegada Euricélia Nogueira.

LEIA TAMBÉM:

Polícia indicia 2 por homicídio culposo por mortes em piscina de hotel

Polícia Civil prende suspeitos de planejar fuga de presídio no Curado

Polícia Civil desarticula quadrilha especializada em roubo de carros

Mais Lidas