TRANSPORTE

Na RMR, passageiros de ônibus estão indignados com aumento de 14,26%

Em contrapartida ao reajuste, ficou decidido que parte da frota vai ser renovada. A promessa é trocar 467 ônibus com idade acima da vida útil

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 14/01/2017 às 16:53
Leitura:
Foto: Ravi Soares/Rádio Jornal


No último dia antes do aumento das passagens de ônibus ser efetivado no Grande Recife, a população estava bastante insatisfeita. Nas paradas de ônibus e terminais integrados da capital, as pessoas reclamavam que os 14,26% de reajuste não condizem com a realidade.

» Conselho aprova reajuste de 14% nas tarifas de ônibus do Grande Recife
» "E quem se lasca é o povo", diz vereador sobre reajuste de passagens
» “Esse reajuste é o verdadeiro vandalismo, diz advogado Pedro Josephi

Essa taxa é mais que o dobro da inflação que no ano de 2016 fechou em 6,29% medida pelo índice nacional de preços ao consumidor amplo (IPCA). Com isso, o anel a, que é utilizado pela maioria dos usuários, cerca de 70%, neste domingo já começa a custar R$ 3,20.

» "Não vamos ter reajuste em tarifas do metrô", diz ministro das Cidades

A diferença no bolso de quem usa o sistema é de 40 centavos, em relação ao valor antigo de R$ 2,80, cobrado até então. A gerente comercial Sandra Viana, por exemplo, utiliza quatro passagens todos os dias e acha o aumento um absurdo.

» Usuários criticam reajuste das passagens de ônibus no Grande Recife

Esse já é o terceiro aumento das passagens durante a gestão do atual governador do estado, Paulo Câmara. Durante a campanha eleitoral de 2014, ele havia prometido implementar o bilhete único no valor de R$ 2,15. A passageira Laudineide Lopes acredita que o compromisso firmado com o povo deveria ser cumprido.

Os valores atualizados neste domingo são: Anel A R$ 3,20, Anel B R$ 4,40, Anel D R$ 3,45; e Anel G R$ 2,10.

Melhorias

Com o reajuste aprovado pelo Conselho Superior de Transporte Metropolitano (CSTM) ficou decidido que parte da frota vai ser renovada. A promessa é trocar 467 ônibus que estão com idade acima da vida útil do veículo, que é de sete anos.

Mais Lidas