FURTO QUALIFICADO

Funcionário da Fiat é preso após roubar e vender chaves na internet

De acordo com a Polícia, Marcelo Oliveira de Santana agia em conjunto com outro funcionário. Chaves e cilindro de ignição eram roubados na fábrica de Fiat e vendidos na internet

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 16/01/2017 às 11:41
Leitura:
Foto: Rafael Carneiro/Rádio Jornal


Reportagem de Rafael Carneiro

O número alto de casos de roubos de chaves e cilindros de ignição do Polo Automotivo Fiat, em Goiana, Zona da Mata Norte do Estado, chegou ao conhecimento do Polícia Civil de Pernambuco. A investigação durou cerca de duas semanas e identificou Marcelo Oliveira de Santana, de 29 anos, que atuava no setor de logística da empresa há quatro meses. Com ele, foram encontradas 12 chaves dos modelos Renegade e Toro.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito vendia os equipamentos pela internet por R$ 2.400. O delegado titular da Delegacia de Igarassu, Davi medeiros, afirma que a prisão foi feita em flagrante durante um encontro de Marcelo Santana com um possível comprador em Cruz de Rebouças, em Igarassu, na Região Metropolitana do Recife.

Suspeito preso

Em depoimento, Marcelo afirmou que agia em conjunto com um então funcionário da Fiat, que já foi demitido. O suspeito também será investigado. Marcelo Oliveira de Santana foi encaminhado do Cotel e vai responder por furto qualificado. Se condenado, ele pode pegar uma pena que varia de 2 a 8 anos de prisão.

Mais Lidas