POLÍTICA

Camaragibe em clima de guerra entre prefeito e vice-prefeita

Vice-prefeita de Camaragibe Nadegi Queiroz anuncia rompimento com o prefeito Demóstenes Meira. Os dois trocaram acusações em entrevistas na Rádio Jornal

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 25/01/2017 às 12:55
Leitura:
Nadegi Queiroz e Demóstenes Meira. Foto: divulgação / internet

Apesar de apenas 25 dias de gestão, o clima de desgaste e atrito está nas alturas na recém-empossada nova prefeitura de Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife. O prefeito Demóstenes Meira (PTB) e a vice Nadegi Queiroz (PSDC) romperam politacamente. Eles trocaram acusações durante entrevista ao programa "Passando a Limpo", da Rádio Jornal, na manhã desta quarta-feira (25).

Além de vice-prefeita, Nadegi também acumulava a pasta de secretaria municipal de saúde de Camaragibe. Ela foi exonerada do posto na última terça-feira (24). De acordo com a agora ex-secretaria, tudo não passa de estratégia do atual prefeito. "Eu não fiz nada de errado.
O fato é que eu não vou acompanhar as insanidades do prefeito. Esse foi o motivo", afirmou.

A vice-prefeita afirma ainda que o atual prefeito quer cancelar serviços de saúde: "já fui na delegacia e vou no Ministério Público. Ele está me acusando, ele vai provar", declarou. Ela diz ainda que Meira "queria um motivo para que os secretários concordassem com as irregularidades dele". Nadegi Queiroz ainda garantiu que vai seguir no cargo de vice e que vai fiscalizar a gestão de dentro da prefeitura. "Ele não confia em mim e eu não confio nele", disse.

PREFEITO RESPONDE

Já o prefeito Demóstenes Meira afirma que em nenhum acusou a vice-prefeita: "eu apenas avisei que minha tolerância é zero para a corrupção. Para o desgosto de alguns, a gente fechou todas as torneiras. Eram muitos cargos", frisou.

O prefeito afirma ainda que não é inimigo de ninguém e que vai esperar os procedimentos da polícia para se manifestar. "Avisei a Nadegi por três vezes os direcionamentos, eu não sou nenhum menino. Meu procedimento é apurar", afirmou o prefeito.

Mais Lidas