Assalto a ônibus: Polícia Militar amplia atuação em áreas de risco

O debate da Super Manhã recebeu o secretário das Cidades, Francisco Papaléo, e o Major Tavares para falar sobre os problemas nos ônibus

PREVENÇÃO

Rádio Jornal

Imagem

Assaltos, atrasos, desconforto, passagem cara. Estes são alguns dos problemas destacados pelos usuários dos ônibus que circulam pela Região Metropolitana do Recife. O debate da Super Manhã desta segunda-feira (20) repercutiu os problemas dos ônibus e as soluções para melhorar o sistema de transporte público.

Para discutir a situação de quem precisa utilizar ônibus diariamente, o debate recebeu o secretário das Cidades, Francisco Papaléo, o membro da diretoria integrada especializada da Polícia Militar de Pernambuco, Major Tavares, e a jornalista do Jornal do Commercio, Roberta Soares.

Segundo o Major Tavares, o governo do Estado reconhece que é preciso fortalecer e intensificar o combate aos assaltos a ônibus. "A Polícia Militar tem feito sua parte. Obviamente a gente fortaleceu uma operação que a polícia já tem para combater o assalto a coletivo chamada Operação Transporte Seguro. Essa operação foi fortalecida de 60 dias para cá", disse. "Nós hoje estamos atuando em 22 pontos. São aqueles locais que, estaticamente, apresentam maior número de crimes contra os coletivos", garantiu o major, explicando que antes eram 12 pontos. 

Confira os detalhes:

[uolmais_audio 16168551]

[uolmais_audio 16168552]

[uolmais_audio 16168553]

TAGS

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

CONTINUE LENDO