MOBILIDADE

CTTU implanta trecho de ciclovia e elimina 42 vagas de Zona Azul

Batizada de ciclovia Camilo Simões, o trecho faz parte do projeto do Eixo Cicloviário Estruturador e foi implantado no entorno da Praça da República

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 21/03/2017 às 15:48
Leitura:

Imagem

Os motoristas que circulam aqui pelo centro do Recife, nos entornos da Praça da República, precisam ficar mais atentos agora, já que hoje as 42 vagas de Zona Azul que existiam aqui foram retiradas pela CTTU. O serviço foi feito agora pela manhã, e no local foi implantada uma parte do primeiro trecho do Eixo Cicloviário Estruturador, batizado como Ciclovia Camilo Simões.

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura, uma equipe de agentes e orientadores de trânsito estariam orientando os condutores hoje a amanhã, no entanto, nenhum desses agentes estão aqui agora, e inclusive muitos motoristas estão circulando livremente sobre a ciclofaixa. Por enquanto, eles não vão ser multados, mas a partir da quinta-feira, começa a fiscalização. A multa para quem estacionar em cima da ciclofaixa vai custar R$ 195,23 mais 5 pontos na Carteira de Habilitação, e quem transitar sobre a ciclofaixa pode receber multa de R$ 880,41, além de 7 pontos da CNH.

Confira os detalhes no flash de Marcela Maranhão:

O ciclista Marcelo Augusto, 18 anos, que circulava pela Avenida Martins de Barros na tarde desta terça-feira (21) e trabalha como entregador usando a sua bicicleta, acredita que, além de aumentar o número de ciclovias, deveria ser feito também um trabalho mais voltado para a educação no trânsito, com o intuito de harmonizar as relações entre os motoristas e os ciclistas.

A ideia é que a Ciclovia Camilo Simões ligue o Recife Antigo à Fábrica Tacaruna. E o trajeto previsto vai da Avenida Rio Branco, passando pela Ponte Maurício de Nassau, Av Martins de Barros, Praça da República (que é esse trecho que foi entregue agora), seguindo pela ponte Princesa Isabel, Rua da Aurora, Avenidas Prefeito Artur Lima Cavalcanti e Dr. Jayme da Fonte, finalmente chegando à Av. Agamenon Magalhães.

Mais Lidas