VIOLÊNCIA POLICIAL

Jovem baleado por PM em Itambé respira com ajuda de aparelhos

Edvaldo Alves da Silva está internado no Hospital Miguel Arraes há 4 dias. Ele foi baleado por um policial militar durante um protesto em Itambé

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 21/03/2017 às 13:55
Leitura:

Imagem

A partir das 8h desta quinta-feira (23), familiares e amigos do estudante Edvaldo Alves da Silva, de 23 anos, prometem voltar às ruas de Itambé, na Zona da Mata Norte do Estado, para cobrar a punição do policial militar, que atirou no jovem na última sexta-feira (17) durante um protesto.

No ato, os moradores cobravam mais segurança na cidade de pouco mais de 36 mil habitantes após recorrentes assaltos no munícipio.

O delegado de Itambé, Flaubert Queiroz, ouviu os três policiais envolvidos na ação e segundo o delegado, os policiais militares afirmam que a arma usada no momento do disparo não era letal.

Confira os detalhes na reportagem de Henrique Santos:

Estado de saúde

De acordo com a assessoria do Hospital Miguel Arraes, onde o Edvaldo da Silva Alves, está internado há 4 dias, o jovem está na UTI e apresenta melhora progressiva. Ele respira com ajuda de aparelhos e está fazendo hemodiálise.

O hospital esclarece ainda que as visitas ao paciente estão restritas à família, nos horários determinados pelo hospital. Segundo familiares Edvaldo ainda precisa de doação de sangue e os interessados em ajudar, podem ir até o Hemope, na Rua Joaquim Nabuco, no bairro das Graças, Zona Norte do Recife, para realizar a doação em nome do rapaz.

Mais Lidas