ABUSO

Jovem baleado por policial militar em protesto em Itambé piora

Crime aconteceu quando o jovem protestava por mais segurança, em Itambé. Edvaldo da Silva está internado no Hospital Miguel Arraes há 12 dias

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 28/03/2017 às 15:39
Leitura:

Imagem

Internado há 12 dias no Hospital Miguel Arraes, em Paulista, Edvaldo da Silva Alves, de 20 anos, apresentou piora no quadro clínico nas últimas 24 horas e voltou a respirar com ajuda de aparelhos, segundo o boletim divulgado nesta terça-feira (28) pelo hospital.

O jovem, que foi baleado por um policial militar, durante um protesto na cidade de Itambé, na Zona da Mata Norte do Estado, no último dia 17 de março, vinha apresentando melhora progressiva. Ele respirou sem o auxílio de aparelhos por quatro dias.

O crime que chocou a cidade foi tema de uma audiência pública nesta terça-feira (28) na câmara municipal de vereadores. A ideia foi debater o aumento da violência na cidade. Além do legislativo municipal, a prefeita da cidade, Marias das Graças Galindo, representantes das Polícias Civil e Militar, o deputado estadual Edilson Silva e a população participaram do encontro que também discutiu os rumos da investigação em relação aos PMs envolvidos na agressão.

Confira os detalhes na reportagem de Henrique Santos:

Para o deputado Edilson Silva, o Governo do Estado tem sido omisso em relação a punição dos envolvidos.

A agressão ao rapaz ganhou repercussão após um vídeo ser divulgado na internet do momento em que o PM atira no jovem. As imagens ainda mostram o jovem sendo agredido e arrastado pelos policiais.

Em passagem pelo Sertão do Estado, no fim de semana, o governador Paulo Câmara falou pela primeira vez sobre o caso. Segundo o governador, os fatos têm que ser devidamente apurados e o culpado deve ser preso.

Mais Lidas