FISCALIZAÇÃO

Operação no Ceasa apreende mais de 200 quilos de salsicha clandestina

Quase 70 quilos de carne vencida, 20 quilos de queijo clandestino, pães mofados e manteiga de garrafa irregular também foram apreendidos no Ceasa

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 28/03/2017 às 12:13
Leitura:

Imagem

Uma ação reuniu a Vigilância Sanitária do Recife, Procon-PE, Instituto de Pesos e Medidas (Ipem), a Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária (Adagro), o Ministério Público do Estado e a Delegacia do Consumidor no Ceasa, que fica no bairro do Curado, Zona Oeste do Recife, na manhã desta terça-feira (28). A operação acontece 11 dias após a deflagração da Operação Carne Fraca pela Polícia Federal.

Os fiscais verificaram o estado de conservação, a data de validade e a procedência dos produtos. A assistente de controle de Alimentos e Produtos da Vigilância Sanitária do Recife, Cristiane André Gomes, afirma que a ação vai focar na vistoria de pescados, carnes e queijos.

Apreensões

Imagem

No total, foram vistoriadas quatro lojas. Foram apreendidos quase 70 quilos de carne imprópria para o consumo, incluindo lotes que já haviam vencido há 20 dias, 20 quilos de queijo sem data de fabricação e pães mofados. A lista ainda inclui 12 quilos de manteiga de garrafa irregulares e mais de 200 quilos de salsichas clandestinas.

O gerente de fiscalização do Procon Pernambuco afirma que não houve surpresa. "Eles já são reincidentes e todos os produtos foram retirados de circulação", diz. "Eles serão autuados pela vigilância Sanitária, Procon e Adagro e vamos encaminhar pedir ao Ministério Público que se faça uma representação judicial contra o proprietário", completa.

Mais Lidas