PROTESTO

Greve de vigilantes pode paralisar abastecimento de caixas eletrônicos

Funcionários de carros-fortes realizam assembleia na noite desta quinta-feira para decidir sobre greve. Categoria pede reajuste de 8%

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 30/03/2017 às 10:19
Leitura:

Imagem

Representantes do Sindicato dos Vigilantes de Transportes de Valores de Pernambuco realizam um ato em frente à empresa Preserve, em Santo Amaro, na manhã desta quinta-feira (30). Com carro de som, o grupo convoca funcionários da categoria para a assembleia, que acontece hoje à noite no auditório dos policiais civis de Pernambuco.

O encontro pode definir pela estado de greve, paralisando o abastecimento de caixas eletrônicos em todo o estado. De acordo com o vice-presidente do Sindforte, Marco Aurélio, os últimos encontros não foram satisfatórios. "Os empresários não querem sentar para fazer um acordo e, quando sentam, vem com propostas que não satisfazem o desejo da categoria", diz. "Na última reunião, o pouco que eles tinham oferecido, resolveram tirar e a gente não vai aceitar isso. Estamos aqui pra brigar em prol da categoria", completa.

Em abril do ano passado, a categoria realizou uma paralisação durante nove dias. Na época, faltou dinheiro nos caixas eletrônicos da cidade.

» Greve de vigilantes de transporte de valores é suspensa
» Falta dinheiro nos caixas eletrônicos do Recife
» Após greve, transações nos caixas eletrônicos começam a normalizar

Pauta de reinvidicações

A categoria formada por cerca de 1000 pessoas pede aumento salarial de 8%, plano de saúde integral, reajuste no tíquete alimentação de R$ 20 para R$ 30, além de cesta alimentação e disponibilização de tíquetes nas férias.

Mais Lidas