GREVE

Serviços do Detran devem ser normalizados em duas semanas

Servidores do Detran realizaram a greve mais longa da história, que durou quase 50 dias

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 03/04/2017 às 17:59
Leitura:

Imagem

A expectativa do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) é de que em duas semanas sejam normalizados todos os serviços atrasados durante a maior greve dos servidores já registrada em Pernambuco.

A orientação do órgão para quem tinha procedimentos marcados durante a paralisação e não conseguiu atendimento é agendar um novo serviço no site www.detran.pe.gov.br. O presidente do Detran, Charles Ribeiro, garante prioridade a quem ficou prejudicado, além de estender os prazos vencidos até o dia 30 de abril.

Ainda de acordo com o Detran, não vai ser necessário um esquema de horário especial para regularizar os atendimentos. A sede do órgão, no bairro da Iputinga, funciona normalmente, das 8h às 13h30. Já nos postos dos shoppings, o serviço é das 9h às 22h.

Confira os detalhes na reportagem de Clarissa Siqueira:

Primeiro dia após greve

Nesta segunda-feira, no primeiro dia de retorno dos trabalhos dos servidores, uma grande fila foi formada na sede do Detran, mas assim que o serviço começou, a movimentação era tranquila.

A bancária Marta Reis chegou a ir ao local no primeiro dia da greve, 13 de fevereiro e só conseguiu ser atendida nesta segunda. Já o comerciante Arnaldo Lima reclamou da lentidão dos serviços.

47 dias parado

A greve dos servidores do Detran durou 47 dias. A categoria reivindica a licitação da empresa responsável pelo plano de saúde, o pagamento de gratificação ao examinador das provas práticas e a insalubridade para quem faz vistoria do motor de veículos. O fim da paralisação foi determinado após uma decisão do desembargador Eduardo Augusto Peres, do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE).

Mais Lidas