DESABAFO

Jogador do Central diz que time entrou em campo sem jantar nem lanchar

“No primeiro tempo, conseguimos até onde deu, depois as pernas pesaram e fez a diferença”, desabafou o zagueiro de Central Sanny Rodrigues

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 06/04/2017 às 8:19
Leitura:

Imagem

A declaração do zagueiro Sanny Rodrigues, de 20 anos, foi dada após a goleada sofrida para o náutico, na noite dessa quarta-feira (5), na Arena de Pernambuco. De acordo com o jogador, faltou “gás” para o elenco em campo.

A afirmação polêmica foi parar na imprensa nacional. O atleta reclamou da falta mínima de condições de trabalho na patativa, que ocupa a lanterna do Hexagonal do Título.

Com passagem na base de santos e cruzeiro, o jogador nunca pensou em ter que enfrentar uma situação dessas. “Tem muitas coisas erras aí e é difícil falar. Almoçamos era meio-dia e depois não teve mais nada”, disse. “No primeiro tempo, conseguimos até onde deu, depois as pernas pesaram e fez a diferença”, completa.

Palavra do Central

Em Caruaru, o gerente de futebol do Central, Adrinaldo Santos, afirmou que foram distribuídas frutas no vestiário. “Sempre dão lanche, mas como jogo era de 19h30 e nosso preparador físico não solicitou nada. Almoçamos 12h30 e servimos frutas no vestiário”, afirmou.

Mais Lidas