POLÊMICA

Debate da Super Manhã discute proibição de greve dos policiais

Em votação, os ministros do Supremo Tribunal Federal declararam inconstitucional o direito de greve para as carreiras policiais

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 10/04/2017 às 13:53
Leitura:

Imagem

Na última quarta-feira (5), o Supremo Tribunal Federal declarou inconstitucional o direito de greve para as carreiras policiais. Ou seja, na prática, os ministros decidiram que os agentes da Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Federal, integrantes do Corpo de Bombeiro Militar, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Ferroviária Federal não podem fazer greve.

Sobre o assunto, o Debate da Super Manhã ouviu, nesta segunda-feira (10), o deputado estadual Joel da Harpa, o vice-presidente da CUT-PE, Paulo Rocha, e o advogado Marcos Alencar.

Para o deputado estadual, a proibição da greve precisa ser mais discutida. "Eu acho que essa decisão é muito complexa e a gente precisa criar um debate muito mais amplo", disse Joel da Harpa. Segundo ele, após o regime militar, as categorias policiais passaram por mudanças.

Confira os detalhes:

Mais Lidas