HABITAÇÃO

Movimentos sociais pedem construção de habitacionais em Jaboatão

Quatro grupos pedem moradia e organizam protesto em frente Mercado das Mangueiras, em Jaboatão. Manifestantes querem ser recebidos por Anderson Ferreira

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 10/04/2017 às 9:13
Leitura:

Imagem

Quatro movimentos ligados à habitação realizam um protesto na manhã desta segunda-feira (10) em frente em Jaboatão dos Guararapes. Os manifestantes estão concentrados no Mercado das Mangueiras, em Prazeres, e pretendem sair em passeata por volta das 10h.

O protesto reúne o Movimento Semente Urbana (MSU), Somos Todos Muribeca (STM), Grupo de Melhor Idade Flor do Carmelo e a Central de Movimentos Populares (CMP). A integrante do Movimento Semente Urbana, Edla Lima, afirma que a intensão da mobilização é sensibilizar o prefeito Anderson ferreira para o pagamento de dois terrenos, um no bairro do Loreto e outro na Muribeca, para a construção de dois conjuntos habitacionais para 640 famílias.

Recursos

De acordo com os líderes do protesto, os recursos da ordem de R$ 52,480 milhões para a construção dos habitacionais já estão liberados pelo Ministério das Cidades. Porém, se a prefeitura não regularizar os terrenos, o recurso será perdido.

Mais Lidas