ZONA OESTE

Adagro apreende alimentos clandestinos no Mercado Público de Afogados

Foram apreendidos 839 quilos de queijo coalho, além de outros produtos como manteira e ovo no Mercado Público de Afogados

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 12/04/2017 às 15:05
Leitura:

Imagem

Durante uma ação conjunta da Agência de Defesa de Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro), o Ministério Público, Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa) e a coordenadoria estadual de proteção e defesa do consumidor do Procon, 839 quilos de queijo coalho, além de gêneros alimentícios como ovos e manteiga foram apreendidos no Mercado Público de Afogados, na Zona Oeste do Recife, nesta quarta-feira (12).

De acordo com a Adagro, a maioria dos produtos aprendidos foi de uma marca com licenciamento cancelado para a produção de queijo coalho. A empresa estava com licença vencida na Adagro há cinco anos.

Toda a mercadoria estava armazenada em um box. O gerente de inspeção animal da Adagro, André Sérgio Dias, alerta os consumidores em relação ao registro dos produtos.

Confira os detalhes na reportagem de Henrique Santos:

A secretária executiva de Justiça e Diretos do Consumidor do Procon de Pernambuco, Mariana Pontual, destaca que as ações educativas feitas anteriormente com os comerciantes do Mercado Público de Afogados foram determinantes para as poucas apreensões realizadas no local.

Apreensões

Essa mesma ação aconteceu nessa terça-feira (11), no Mercado de São José, na área central do Recife. Na ocasião, foram apreendidos mais de 340 quilos de alimentos por causa das condições impróprias para consumo em que se encontravam. De acordo com o Procon, os comerciantes que forem notificados terão um prazo de dez dias para apresentar defesa.

A fiscalização é uma determinação do Ministério Público de Pernambuco.

Mais Lidas