Economia

Nordeste precisa da Indústria Bélica, diz ministro da Defesa

Raul Jungmann afirma que as empresas do setor estão concentradas no sul e sudeste e que por isso é preciso garantir a Indústria Bélica no Nordeste

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 19/04/2017 às 10:56
Leitura:

Imagem

A Indústria da Defesa é responsável por 3,7% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro e faturou R$ 204 bilhões em 2014. De acordo com o ministro da Defesa, Raul Jungmann, a maioria das empresas do setor estão concentradas nas regiões sul e sudeste. “Essa é uma indústria decisiva pra ampliar a produtividade e o avanço tecnológico no Brasil e o nordeste precisa também contar com ela”, afirma. Jungmann acredita que Pernambuco tem capacidade logística que facilita a implantação dessas empresas e diz que é preciso criar condições para que o Nordeste tenha condições de competir. Ouça a entrevista completa:

Previdência Militar

O ministro Raul Jungmann ainda falou da reforma da Previdência para os militares. A previsão era que o assunto entrasse na pauta do Congresso até maio, mas ele acredita que o tema deve ser colocado para votação após a discussão da reforma da Previdência para civis.

Mais Lidas