FESTEJOS JUNINOS

Prefeitura de Caruaru ainda não divulgou programação do São João

Até o momento, a única confirmação do São João de Caruaru é de que será realizado entre os dias 3 e 29 de junho e que o evento será descentralizado

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 24/04/2017 às 17:42
Leitura:

Imagem

A Prefeitura de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, continua mantendo mistério sobre a programação da festa de São João 2017. Até agora, o que foi confirmado é que a festividade será realizada entre os dias 3 e 29 de junho e que o evento será descentralizado.

No último dia 10 de abril, durante entrevista à Rádio Jornal Caruaru, a prefeitura Raquel Lura afirmou que alguns nomes de artistas seriam divulgados durante a Semana Santa para aproveitar a movimentação de turistas, o que não aconteceu.

Na semana passada, o presidente da Fundação de Cultura de Caruaru, Lúcio Mena, disse que nessa segunda-feira (24) aconteceriam alguns anúncios sobre o São João. No entanto, mais uma vez, nada foi divulgado.

A assessoria de imprensa informou que a data da coletiva para falar sobre a programação do São João de Caruaru não foi definida, mas será divulgada por e-mail.

Confira os detalhes no flash de Berg Santos:

Em Campina Grande (PB), críticas à programação

O São João de Campina Grande, na Paraíba, vem sendo duramente criticado por artistas locais. Conhecido por ter uma das maiores festas de São João do mundo, o evento traz, esse ano, diversos artistas nacionais que tem estilos musicais diferentes do tradicional forró.

Nomes como Wesley Safadão, Simone e Simaria, Henrique e Juliano, Bruno e Marrone, Cesar Menotti e Fabiano e Luan Santana estão na programação que acontece de 2 de junho a 2 de julho. Grandes nomes de forró como Santanna o cantador e Alcymar Monteiro ficaram de fora da grade de shows e questionaram a escolha dos artistas.

Esse ano, a festa não vai ser realizada pela prefeitura de campina grande. O município vai pagar quase R$ 3 milhões para que a empresa Aliança Comunicação Cultura realize a festa junina. Com a terceirização, a prefeitura informou que vai economizar cerca de R$ 5 milhões.

Os detalhes na reportagem de Jessica Lima:

No edital do processo licitatório, no entanto, a prefeitura de Campina Grande especificou uma lista de atrações de interesse, obrigando prioridade aos artistas citados. O prefeito Romero Rodrigues afirmou que caso a empresa não consiga fechar contrato com o artista indicado, ela pode procurar outra atração que tenha o mesmo valor e atenda ao mesmo estilo de música e ritmo.

Entramos em contato com a Secretaria Municipal de Cultura, mas a mesma informou que não responde mais pelo São João de Campina Grande já que o evento foi privatizado. Tentamos resposta da aliança Comunicação Cultura, mas não conseguimos contato com a responsável pela festa.

Mais Lidas