MORTE

Morre Edmilson Paiva, filho do guardião da Sala de Memórias do Santa Cruz

Edmilson Paiva vivia a 21 anos preso a uma cama depois de ser agredido por torcedores rivais em um clássico no Arruda

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 29/04/2017 às 18:51
Leitura:

Imagem

Morreu, na madrugada deste sábado (29), Edmilson Paiva, filho de Dirceu Paiva, Guardião da Sala de Memória do Santa Cruz Futebol Clube. Há 21 anos, o Edmilson estava inconsciente e vivia preso a uma cama. Em 1996, durante um clássico das multidões, Edmilson Paiva foi agredido por torcedores rivais no setor de cadeiras cativas do Estádio José do Rego Maciel, na Zona Norte do Recife. Ao cair, ele bateu a cabeça na quina de uma cadeira e sofreu hemorragia cerebral.

A torcida prestou um minuto de silencio em homenagem a família Paiva, no jogo deste sábado (29) entre Sport e Santa Cruz, na Iha do Retiro, Zona Oeste da capital do Estado. Ouça os detalhes com o repórter Thales Kírion:

Santa Cruz

Por meio da página oficial do Santa Cruz no Facebook, o time divulgou uma nota prestando sentimentos a família. Confira na íntegra:

Mais Lidas