REIVINDICAÇÃO

Greve dos servidores do Hemope reduz atendimento à 30%

Segundo a presidente do sindicato dos servidores do Hemope querem diálogo com Governo do Estado sobre plano de cargos e carreiras da categoria

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 04/05/2017 às 16:37
Leitura:

Imagem

Os servidores dos nove centros do Hemope em Pernambuco entraram em greve nesta quinta-feira (4) reduzindo o número de atendimentos a 30%. Na unidade do Recife, que fica no bairro do Derby, o número corresponde a uma média de 120 coletas de sangue por dia.

A principal reivindicação do sindicato que representa os servidores do Hemope é abertura do governo para o diálogo sobre o plano de cargos e carreiras de servidores que, segundo a categoria, está desatualizado há mais de 14 anos.

Os servidores realizaram um ato esta tarde. A presidente do Sindicato dos Servidores da Fundação e Hemope, Jucelita Boudoux, deu detalhes do movimento. “Vai afetar não só o serviço do Hemope como toda a população porque a gente atender todos os hospitais. Até na Paraíba a gente atende”, disse. “Estamos atendendo só 120 doadores ao dia. Os pacientes de plaquetas também estão sendo atendidos (...) A gente não vai interromper o serviço de paciente”, explicou.

O Hemope, segundo Jucelita, está com um baixo estoque de O+, cerca de 200 unidades apenas. De acordo coma presidente do sindicato, a paralisação será mantida até o Governo do Estado atender ao pedido da categoria. “Vamos manter até quando o governo receber [a categoria]. Eles disseram que era ilegal [a greve], que iriam tomar as providências, porque deram aumento em 2016 de 20%. Isso não é verdade”, disse.

Confira os detalhes na reportagem de Clarissa Siqueira:

Mais Lidas