VIOLÊNCIA

Suspeitos fazem reféns em tentativa de assalto à agência do Bradesco

Quatro homens participaram da investida no Bradesco, fizeram reféns e fugiram antes da Polícia chegar

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 04/05/2017 às 9:39
Leitura:

Imagem

A agência do Bradesco localizada no cruzamento da Avenida Conde da Boa Vista com a Rua da Saudade, na área central do Recife, foi alvo de uma tentativa de assalto na manhã desta quinta-feira (4). Ao menos quatro criminosos participaram da ação contra o banco, que ocorreu por volta das 8h.

O objetivo do grupo era roubar dinheiro do cofre, mas não conseguiram abrir o compartimento. De acordo com informações iniciais da Polícia Militar, cerca de 10 funcionários, além de alguns clientes, foram feitos reféns. A tentativa de assalto foi frustrada porque os assaltantes fugiram ao ver uma viatura da Polícia Militar passando pelo local.

A agência está fechada, mas a área de caixas eletrônicos está normal. O trânsito no local não precisou ser interditado. Saiba mais na reportagem de Juliana Oliveira:

Este ano, de acordo com o Sindicato dos Bancários, já foram registradas 61 ocorrências violentas. Entre elas,34 explosões de agências e carros-fortes, nove assaltos a banco, seis assaltos a Correios e lotéricas e mais dois assaltos a carros-fortes.

Resposta do governo

Durante a assinatura da ordem de serviço de serviço do sistema de esgotamento sanitário e obras na Curva do Caranguejo, em Jaboatão, e cessão do prédio do centro cultural Miguel Arraes, o governador Paulo Câmara afirmou que a polícia está empenhada em prender os envolvidos em ações violentas no Estado, como assaltos e explosões a bancos e a carros-fortes.

Segundo o chefe do executivo estadual, 15 quadrilhas foram presas em 6 meses. Paulo Câmara afirmou ainda que o serviço de inteligência da polícia está trabalhando para impedir outros. Saiba mais na reportagem de Rafael Carneiro:

Estado de choque

Imagem

Ninguém ficou fisicamente ferido. Porém, por causa do choque, alguns reféns precisaram ser socorridos pelo Serviço Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Entre as vítimas, a atendente Simone Santos teve uma arma colocada na cabeça e ficou abalada. Veja no vídeo de Felipe Vieira, do Jornal do Commercio.

Mais Lidas