VIOLÊNCIA

Vizinhos lamentam morte de comerciante usada como escudo humano

De acordo com testemunhas, Maria das Mercês Norberto Cabral de Oliveira era benquista por todos. Suspeito usou comerciante como escudo contra tiros

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 10/05/2017 às 12:21
Leitura:

Imagem

Uma comerciante morreu na noite dessa terça-feira (9) após uma abordagem criminosa na Avenida Maestro Nelson Ferreira, em Maranguape I, em Paulista. De acordo com moradores do local, Maria das Mercês Norberto Cabral de Oliveira, de 51 anos, foi usada como escudo humano.

A investida teria partido de dois homens, que chegaram em uma moto. O principal alvo dos suspeitos era um adolescente de 16 anos. Ao perceber que seria atingido, o rapaz usou a comerciante para se proteger dos tiros.

Maria das Mercês tinha uma barraquinha onde vendia lanches há mais de 20 anos. "Ela era muito respeitada e solidária. Ela dava lanche as pessoas que não tinham dinheiro para pagar. Até os próprios drogados que passavam por aqui ela dava lanche sem cobrar", diz um cliente que não quis se identificar.

Despedida

O corpo de Maria das Mercês Norberto Cabral de Oliveira está no Instituto de Medicina Legal do Recife. A família da comerciante não foi localizada para informar sobre a hora e o local do sepultamento.

Mais Lidas