Operação apura fraude em empréstimos do BNDES ao frigorífico JBS

A Operação Bullish da Polícia Federal investiga irregularidades do BNDES que podem ter gerado um prejuízo de R$ 1,2 bilhão aos cofres públicos

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 12/05/2017 às 17:11
Leitura:

Imagem

A Polícia Federal desencadeou operação que apura fraude em empréstimos de R$ 8 bilhões do BNDES ao frigorífico JBS. A Operação Bullish já havia sido autorizada desde março pelo juiz federal de Brasília, Ricardo Leite, focando irregularidades que envolvem empréstimos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ao grupo J&F.

O grupo J&F é controlador de marcas conhecidas como Havaianas, Banco Original e o frigorífico JBS. O foco da operação são fraudes e irregularidades em transferências do BNDES ao grupo JBS, que estava comprando outras empresas do ramo frigorífico no valor de R$ 100 milhões.

Nas investigações que estão sendo realizadas pela Polícia Federal, o BNDES começou a fazer repasses para o JBS após contratar uma empresa de consultoria ligada ao ex-ministro da Fazenda, Antonio Palloci, em tempo de recorde o dinheiro foi liberado sem que fossem colocadas exigências de garantia, como geralmente o banco usa para conceder empréstimos empresariais.

Essa rapidez nos negócios e a falta de garantias gerou um prejuízo, segundo o relatório da PF, de R$ 1,2 bilhão aos cofres públicos.

Confira os detalhes no flash de Romoaldo de Souza:

Mais Lidas