CRIME

Família é internada após envenenamento por chumbinho em Camaragibe

O principal suspeito do envenenamento é ex-namorado de uma das nove vítimas. Família segue internada em UPAs e hospitais do Grande Recife

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 15/05/2017 às 8:33
Leitura:

Imagem

De acordo com a polícia, nove pessoas de uma mesma família foram vítimas de envenenamento. Elas passaram mal depois do almoço do Dia das Mães (14). As investigações apontam que partículas de chumbinho, remédio usado para matar ratos, foram encontradas misturadas ao colorau utilizado no tempero da comida.

A polícia acredita que o ex-namorado de Débora Regina Belo Soares, de 22 anos, uma das vítimas, conhecido como Kiko, seja o responsável por envenenar a família. A jovem teria começado a sentir os sintomas do envenenamento ainda na noite do último sábado (13).

Segundo o tio de Débora, Reginaldo Francisco, o homem atentou contra a família após o fim de um relacionamento com Débora. O homem tem passagens pela polícia pelo crime de receptação de produto roubado. Saiba mais na reportagem de Juliana Nascimento:

Equipes do Instituto de Criminalística estiveram no local e coletaram objetos e impressões digitais que podem servir como prova. A Polícia Civil está investigando o caso.

Estado de saúde

Débora Regina Belo Soares está internada em estado grave no Hospital da Restauração, no Derby, área central do Recife. A mãe dela, Vandescleide Belo, e outros dois integrantes da família, José Edson Soares da Silva e Gleice Kelly Soares, foram levados para a Upa dos Torrões, na Zona Oeste do Recife. A nossa produção apurou que eles passam bem.

Já Talisson Gomes Soares está no Hospital Nossa Senhora do Ó, em Paulista. Valquilene Maria Soares, Nilsa Maria da Silva, Augusto Francisco Soares e Regivaldo Francisco Soares seguem internados na Upa da Caxangá, na Zona Oeste do Recife. O estado de saúde deles não foi informado.

Mais Lidas