POLÍTICA

Presidente do PSB pede entrega de cargo no governo e renuncia de Temer

Pernambucano Carlos Siqueira pede que Fernando Filho deixe ministério de Minas e Energia. Presidente do PSB pede saída do presidente Michel Temer

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 18/05/2017 às 11:59
Leitura:

Imagem

Após a delação de empresários da JBS, que apontam envolvimento do presidente Michel Temer na compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o presidente do PSB, Carlos Siqueira, pediu a imediata saída do ministro de Minas e Energia, Fernando Bezerra Coelho Filho (PSB-PE), do governo. O deputado federal licenciado é filho do senador Fernando Bezerra Coelho, que ainda não se pronunciou sobre as denúncias.

Para o jornal Estadão, Carlos Siqueira afirmou que não tem mais sentido continuar no governo. "A direção do partido não o indicou, mas o fato de ele ser filiado ao partido é suficiente para pedir essa demanda", afirmou.

Fim do governo

Sobre a continuidade do governo, Carlos Siqueira afirmou que é a saída de Temer é inquestionável. "Agora se impõe a renúncia do presidente e entrega dos cargos", afirmou. No site do partido, Carlos Siqueira afirma que o a gestão "perdeu por inteiro sua legitimidade para governar o Brasil".

Mais Lidas