Exército trabalha na remoção de lixo do Canal do Fragoso, em Olinda

Uma equipe com 12 homens do Exército atuará na obra de alargamento e revestimento do Canal do Fragoso até o próximo dia 21 de julho

AJUDA

Rádio Jornal

Imagem

Uma equipe do Exército está trabalhando na remoção de lixo e entulho do Canal do Fragoso, em Olinda, desde a última quinta-feira (22) e já retirou mais de 100 caminhões de dejetos. Nesta segunda-feira (26), o ministro da Defesa, Raul Jungmann, visitou o local acompanhado do prefeito de Olinda, Lupércio, e do secretário de Habitação de Pernambuco, Bruno Lisboa.

Os homens do Exército devem trabalhar até o dia 21 de julho na limpeza da área onde obra de alargamento e revestimento do Canal do Fragoso ainda não chegou.

O tenente-coronel, Joilson Silva Lima, comandante do Batalhão de Engenharia de Natal explica a logística do trabalho. “Estamos com uma equipe de doze militares, uma escavadeira e quatro caminhões basculantes estão trabalhando na remoção desse material da margem. Muito lixo saiu daqui. Material de demolição, estamos tirando vegetação de dentro do canal também, tudo com o objetivo de melhorar as condições de drenagem do Canal do Fragoso”, destacou.

Questionado sobre a possibilidade de o Exército participar da obra propriamente ditam e não apenas da limpeza, o ministro afirmou não dispor de recursos.

Confira os detalhes na reportagem de Aline Mateus:

[uolmais_audio 16253703]

Conclusão da obra

A expectativa é de que a primeira etapa do projeto seja concluída até março do próximo ano, ao custo de R$ 165 milhões, sendo R$ 156 milhões do Governo Federal. A obra completa só deve ser concluída em 2020.

TAGS

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

CONTINUE LENDO