ESPERANÇA

Audiência pública apresentará projeto da adutora de Serro Azul

A expectativa é de que a adutora de Serro Azul beneficie municípios do Agreste pernambucano e fique pronta até março de 2019

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 20/07/2017 às 14:49
Leitura:

Imagem

Com a promessa de amenizar a escassez de água no Agreste pernambucano, o governo do estado vai realizar audiência pública para a apresentação do projeto da adutora de Serro Azul. A obra deve ser concluída até março de 2019 e terá 68 quilômetros de extensão, garantindo uma vazão de 500 litros de água por segundo.

O projeto prevê quatro estações de bombeamento e um reservatório com capacidade de armazenar 4.500 metros cúbicos. O presidente da Compesa, Roberto Tavares, fala que a obra está orçada em R$ 200 milhões.

Confira os detalhes no flash de Suellen Fernandes:

A audiência pública que dará detalhes sobre a obra acontecerá, na Escola Técnica Maria José Vasconcelos, Loteamento Santo Amaro II, em Bezerros, no Agreste do Estado, no dia 4 de agosto. Com a autorização dessa obra, a barragem de Serro Azul, que fica na cidade de palmares, na Mata Sul do Estado, vai proteger a população das enchentes e cumprir uma segunda função, que é garantir água para 1 milhão de pessoas.

Municípios beneficiados

A promessa é de beneficiar, com a barragem de Serro Azul, as cidades de Bezerros, Gravatá, Caruaru, São Caetano, Belo Jardim, Sanharó, Tacaimbó, São Bento do Una, Toritama e Santa Cruz do Capibaribe. Sobre o fim do rodízio do abastecimento de água nessas cidades, o presidente Roberto Tavares ainda não prevê o restabelecimento do fornecimento nessas cidades que atravessam um período de seca, que já dura mais de seis anos. ?

Mais Lidas