Barragens

Compesa desmente transbordamento de barragens na Mata Sul e RMR

Presidente da Compesa, confirmou que não passam de boatos as informações de que barragens no interior e no Grande Recife tenham transborado

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 21/07/2017 às 13:12
Leitura:

Imagem

O presidente da Compesa, Roberto Tavares, falou sobre o abastecimento de água nas cidades do interior neste período de chuvas em Pernambuco. Em entrevista concedida à Rádio Jornal, Tavares foi otimista em relação a disponibilidade de água no próximo verão, e garantiu que não passam de boatos o transbordamento de barragens no interior e no Grande Recife.

Os boatos foram motivados pelas fortes chuvas que atingem o Grande Recife e a Mata Sul. De acordo com a Defesa Civil do Recife, na noite desta quinta-feira (20) e na madrugada desta sexta-feira (21) foi registrada a maior chuva do ano na capital pernambucana. O acúmulo chegou a 100 milímetros em 24 horas. E ainda, segundo a Defesa Civil, em junho desse ano choveu o dobro de junho do ano passado.

Mas o local mais afetado é o Litoral Sul, principalmente em Ipojuca. De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Climas (Apac), nas ultimas 24h, choveu choveu 207,4 mm no centro de Ipojuca, na praia de Porto de Galinhas, 201,8 mm, e em Camela, também no município, 197,7 mm.

Saiba mais com Kimberly Neri:

"A barragem de Pirapama está vertendo, o que é uma boa notícia, e na barragem de Tapacurá, o rio está no nível alto, mas a água vai parar na barragem. Assim teremos um abastecimento na Região Metropolitana", disse Roberto Tavares.

Apac dá previsão para chuvas

A meteorologista da Apac, Aparecida Fernandes, afirmou que a quantidade de chuvas é a esperada para o mês de julho. "As precipitações estão dentro do classificado como normal. Nos últimos cinco anos, tivemos chuvas a baixo do esperado, e a população não lembrava de como era o inverno na nossa região", concluiu.

Mais Lidas