FRAUDE

Polícia deflagra operação contra grupo suspeito de lavar até R$ 40 milhões

A Operação Comunheiro II cumpre oito mandados de prisão e alvos são suspeitos de crimes licitatórios e de lavagem de dinheiro

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 21/07/2017 às 7:33
Leitura:

Imagem

A Polícia Civil de Pernambuco desencadeou na manhã desta sexta-feira (21) a 26ª operação de repressão qualificada de 2017, denominada "Comunheiro II", com o objetivo de prender pessoas suspeitas de integrarem uma associação criminosa, envolvidas em crimes licitatórios e de lavagem de dinheiro. O dano ao erário pode chegar a R$ 40 milhões.

A operação acontece nas cidades de Recife, Carpina, Olinda, São Lourenço da Mata, Paudalho, Buenos Aires e na Ilha de Itamaracá.

Serão cumpridos oito mandados de prisão, 26 de busca e apreensão domiciliar e 12 de condução coercitiva, além do bloqueio judicial de contas bancárias e a decretação judicial da proibição de empresas citadas contratarem com o poder público.

As medidas cautelares foram expedidas pelo juízo da 1ª Vara Criminal da comarca de Carpina, na Zona da Mata Norte. Outros detalhes vão ser passados à imprensa ainda nesta manhã.

Na execução do trabalho operacional, participaram 170 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães, além de auditores do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Mais Lidas