Política

Senadores terão carros de luxo ao custo de mais de R$ 8 milhões

O presidente do Senado tem três carros de luxo disponíveis, dois para ele e outro para a segurança dele

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 26/07/2017 às 16:30
Leitura:

Imagem

Após recesso parlamentar, 81 carros de luxo ficarão disponíveis para os senadores. Os veículos são novos e de alto luxo, que começam a ser usados em agosto, quando os congressistas voltam ao trabalho. Cada veículo vai custar aos cofres públicos a quantia de R$ 3.200 de aluguel por mês. Em 30 meses esse valor vai para R$ 8.300 mi. O presidente da Casa, Eunício Oliveira (PMDB) e a equipe de segurança dele devem ficar com outros dois carros disponíveis, além do que ele vai utilizar como parlamentar. A mesa diretora do senado e a chefe do setor também terão dois desses carros disponíveis. Com isso, serão 85 automóveis para o Senado Federal.

Ouça a reportagem do correspondente político Romoaldo de Souza:

Como serão distribuídos os carros

São 83 carros do modelo Nissan Sentra, cada um com custo de R$ 3.200 ao mês

Outros 2 veículos são do modelo Hyundai Azera, com aluguel de R$ 6.800 ao mês. Esses dois carros são para o presidente do Senado e para a equipe de segurança.

Os automóveis são equipados com sistema de refrigeração e aquecimento, tocador de CD, Bluetooth, película, além de ter lavagem diária e receber aspiração todos os dias.

Embate combustível

Desembargador Ítalo Nunes analisa nesta quarta-feira (26) no Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Brasília, pedido protocolado pela Advocacia Geral da União (AGU) de baixar o valor das alíquotas do PIS/Cofins, que incidem sobre a gasolina, óleo diesel e etanol. O documento foi emitido nessa terça-feira (25) e de acordo com ele, o Governo não deveria aumentar, por meio de decreto, o valor desses impostos que impactam diretamente no combustível.

Ouça os detalhes com Romoaldo de Souza:

Mais Lidas