POLÍTICA

Plenário da Câmara decide futuro de Michel Temer nesta quarta

A discussão da denúncia contra Temer só poderá ser iniciada quando estiverem presentes pelo menos 52 deputados

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 02/08/2017 às 7:11
Leitura:

Imagem

A Câmara dos Deputados deverá votar nesta quarta-feira (2) o parecer da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), contrário à admissibilidade da denúncia contra o presidente Michel Temer pelo suposto crime de corrupção passiva. O início da sessão está marcado para as 9h e os trabalhos devem se estender por todo o dia.

>> "Denúncia contra Temer é um fato inusitado", diz Jarbas Vasconcelos

A discussão da denúncia só poderá ser iniciada quando estiverem presentes no plenário pelo menos 52 deputados. A votação só pode começar com a presença de 342 parlamentares em plenário. A votação será por chamada nominal, começando pelos deputados de um estado da Região Norte e, em seguida, dos deputados de um estado da Região Sul.

Acesso à Câmara durante votação

Algumas restrições de acesso à Câmara foram estabelecidas para a sessão de hoje, entre elas a proibição de acesso de visitantes. O acesso só será permitido a deputados, ex-deputados, servidores credenciados e à imprensa credenciada para a cobertura das atividades da Câmara.

Mais Lidas