DIA DOS PAIS

De acordo com Fecomércio, Dia dos Pais promete consumo cauteloso

Mil duzentos e cinquenta e dois consumidores e 568 empresários foram entrevistados no Grande Recife sobre o Dia dos Pais

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 07/08/2017 às 21:55
Leitura:

Imagem

Consumidores e comerciantes já começam a se preparar para as vendas do Dia dos País comemorado no próximo domingo (13). De acordo com uma pesquisa realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Pernambuco (Fecomércio-PE), o consumo na data promete ser melhor que no ano passado, no Grande Recife.

A sondagem foi feita em julho na capital do estado, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Paulista, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, São Lourenço da Mata e Abreu e Lima. Foram ouvidos 1.252 consumidores, 568 empresários e gestores do comércio e de serviço alimentício. De acordo com o levantamento, houve um aumento discreto da intenção de celebrar a data, em comparação a 2016, mas essa motivação é cautelosa.

Os números da pesquisa apontam que 72% dos entrevistados querem comemorar o Dia dos Pais. No ano passado esse número era de 70,3%. Normalmente neste dia, algumas pessoas escolhem restaurantes para fazer a comemoração, sobre isso, o levantamento mostra que 41% dos entrevistados vão comemorar em casa. Já 26,5% vão optar por bares e restaurantes. Do total dos entrevistados, 74% pretendem comprar presentes. O número é 10% menor do que os filhos que pretendiam comprar uma lembrança para os país no ano passado.

Preços e presentes

Para presentes, 50,5% das intenções são itens de vestuário, 22,5% para calçados e 21,3% os artigos de perfumaria. Mesmo com a queda do número de pessoas que desejam comprar uma lembrança, o ticket médio de compra aumentou sete reais, indo de R$151 (2016) para R$158.

Mais Lidas