INSATISFAÇÃO

Rodoviários protestam contra presidente do sindicato da categoria

Um grupo de rodoviários critica a postura do presidente Benilson Custódio após a Urbana-PE reivindicar no TST o reajuste concedido pelo TRT à categoria

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 08/08/2017 às 16:32
Leitura:

Imagem

Um grupo de rodoviários contrário à gestão atual do sindicato que representa a categoria interdita na tarde desta terça-feira (6) duas faixas da Avenida Cruz Cabugá, em Santo Amaro, na área central do Recife. O ato atrapalha o trânsito, mas não interdita totalmente a via, que segue livre no sentido Olinda.

Em entrevista ao JC Online, Magno Rodrigues, representante deste grupo de rodoviários expõe a situação. “O presidente do sindicato, omisso, não procura fazer nenhum movimento para cobrar dos patrões, do (Fernando) Bandeira, que é presidente do sindicato dos empresários, que ele pague o que foi dado no Tribunal”, criticou.

Imagem

Segundo Magno, após a Urbana-PE reivindicar no Tribunal Superior do Trabalho (TST) o reajuste de 6% nos salários e de 8% no tíquete alimentação concedido no Tribunal Regional Eleitoral (TRT) aos rodoviários, Benilson Custódio, presidente do Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco, não se posicionou contra a atitude. “A categoria está revoltada com isso, porque já aconteceu isso em 2015, ele recorreu, tem todo direito de recorrer, mas nós também temos direito de fazer protesto”, apontou.

Mais Lidas