Guardas protestam no Recife e prometem greve a partir de sábado

Os guardas municipais pedem melhores salários e a aplicação da lei sobre uso de armas

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 09/08/2017 às 9:34
Leitura:

Imagem

Cerca de cem guardas municipais realizam, na manhã desta quarta-feira (9), protesto em frente à sede da Companhia de Trânsito e Transporte (CTTU), localizada na rua Frei Cassimiro, em Santo Amaro, área central do Recife. Informações iniciais apontam que nenhuma viatura da Companhia está nas ruas nesta manhã.

A categoria entra em greve por tempo indeterminado a partir próximo sábado (12) e prometeu que nesta quarta, apenas 30% do efetivo vai realizar os serviços considerados essenciais. Cerca de 100 pessoas fazem parte do ato. Eles aguardam a chegada de Ewerson Miranda, presidente do Sindguardas Recife.

Guardas pedem ganho salarial e aplicação de lei federal

Nessa terça-feira (8), os guardas também protestaram e ocuparam a sede da Prefeitura do Recife, no Cais do Apolo, para reivindicar 17% de aumento salarial, mas a prefeitura só ofereceu 2%, de acordo com a arrecadação líquida e só para o mês de novembro. A manifestação de ontem contou com a participação de servidores de diversas áreas, que também não aceitam o reajuste.

Além de melhoria salarial, os guardas pedem a aplicação da lei federal (Lei 13.022/2014 ) que autoriza o uso de armas de fogo. Segundo os guardas, a lei completou três anos e o prazo para adequação da prefeitura era de dois anos.

Mais Lidas